Nós somos o que Deus quer que sejamos



Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro fazer.
(Jeremias 18:4)
Não existe uma invenção mais linda e inovadora que o vaso de barro que nas mãos do Nosso oleiro se torna lindo.
Muitos olham para o vaso de barro e não o compram pois o acha feia,antigo,fora de moda,e facilmente absorve bactérias ruins,e etc.
Segundo alguns estudos o barro vem de rochas e diversas matérias-primas vinda do solo com água.
Agora passando para o lado espiritual tudo que eu escrevi até agora podemos concluir que:
HOMENS olham para vasos que Deus moldou de forma corrompida,pois olham com olhos terrenos e não espirituais,olham para as pessoas somente para o que aparentam ser e não o que realmente são em Cristo.Não espere do homem prestígios,elogios pelo que se tornou e nem do que se tornará.Homens são homens,Deus é TUDO.
Também podemos citar o caso das pessoas que não sabem o quanto vale em Cristo,não conhecem ou não assumem seu valor real,temos pessoas em nosso meio que acham que são coitadinhas e outras a toda do império.Ambas estão erradas,nós somos o que Deus quer que sejamos,se importe em ser o que Deus quer que você seja,se importe com o fato de sempre,eternamente estar nas mãos do oleiro sendo moldado e aperfeiçoado.
… Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba. (João 7:37)
Ele sim é um vaso perfeito,merecedor de toda honra de toda Glória e não VOCÊ.
Coloque uma coisa na sua cabeça:Você não é dono de absolutamente nada que tens,pois é tudo emprestado,Deus te emprestou esses dons,o Espírito Santo,A VIDA.
Deixe Deus na sua vida no lugar certo: NO TOPO.

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por comentar em Meus Pensamentos, faço questão de agradecer pessoalmente! Seu comentário mostra que você se importa, mesmo se discordar.

 

© Template Grátis por Cantinho do Blog. Quer um Exclusivo?Clique aqui e Encomende! - 2014. Todos os direitos reservados.Imagens Crédito: Valfré